Em casa

Ficar mais tempo em casa tem sido uma imersão de autoconhecimento e busca para manter-se em equilíbrio.

No começo da quarentena, fiquei muito deprimida e não conseguia manter a minha vida produtiva. A medida que fui buscando estratégias terapêuticas para sair da ansiedade e fui me alimentando de práticas que promoviam o meu equilíbrio e consequentemente a vida produtiva.

Aos poucos, sem dualidade, encontro o significado no fazer, no estar aqui e agora.

Juliana Reis

Enfermeira, especialista em informação científica, mestre em saúde materno infantil. Tem interesse em Práticas Integrativas, Saberes Tradicionais, Ciência e Arte, visualização de dados, gamificação, translação do conhecimento, ciência de implementação.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: